Seguir

Sou como

as borboletas...

as

sempre

em transformação...

Como Fenix, maçaranduba ou teimosia mesmo...

22

Estou bem, me sentindo feliz... Razão???
 Estou viva, isto é: me sentindo vivaaaa!!!
Minha irmã fez 60 anos e quando eu era menina,
 pensava que aos 30 eu poderia morrer
 pois imaginava que viver mais que isso era desnecessário
 (achava que uma pessoa de 30 anos era velha!!!).
Ela fez uma festa linda pra comemorar a vida,
 por estar em paz, com saúde e pra agradecer as bençãos vindas dos céus...
Parecia uma menina, mas é muito mulher!!! 
Mulher de fibra, valente e guerreira!!!
 Mas ontem eu a vi menina, até porque é pequenina,rsrsrs... 
Sou grande, mas perto dela me sinto pequenina e nem sempre foi assim...
Houve tempos em que me sentia do lado oposto dela na vida e
 agora sei a razão disso (não posso contar, dói demais saber quem nos fazia antagonistas)
 e hoje, apesar de ser mais nova, vivo entre dois sentimentos diferentes:
 o de querer proteger e o de me sentir protegida por ela... 
Não é irônico isso???
E somos parceiras como nunca fomos e como sempre poderíamos ter sido...
Pena não ter encontrado o vestido vermelho que ela tanto queria ter usado
 e confessso: Também queria ter usado vermelho, 
mas não achei justo usar a cor que ela queria ter usado. 
Fomos então de cores que nem teríamos escolhido: 
Ela de azul (ficou bonita, era azul violeta) e eu fui de cinza grafite
 (me senti bem, mas se fosse vermelho cereja... hummmm)
Será que chego aos 60???
Ironia, visualizando os 60, justo quem tinha medo de chegar aos 30...
Obrigada Senhor porque nem me ouviu...

Leia mais ►

Quem sou eu

Minha foto
... farei o possível para não amar demais as pessoas, sobretudo por causa das pessoas. Às vezes o amor que se dá pesa, quase como uma responsabilidade na pessoa que o recebe. Eu tenho essa tendência geral para exagerar, e resolvi tentar não exigir dos outros senão o mínimo. É uma forma de paz... Clarice Lispector
Visualizar meu perfil completo
 

Mimos da Lê Copyright © 2010 Blogger Templates